RECEBA NOSSOS BOLETINS

08 julho 2020

Criminosos do meio ambiente, a começar pelo Ministro do Meio Ambiente

Para quem não está acompanhando aqui estão matérias relacionadas ao criminoso Ricardo Salles, Ministro do Governo destruidor, que já foi condenado em primeira instância dos crimes que cometeu contra o Meio Ambiente. Agora, o governo quer arquivar os crimes dele.... Estamos no inferno.... Enquanto isto, animais são caçados e queimados por madeireiros e grileiros.....
PETIÇÃO
Pela exoneração imediata do ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles
=============


===================
MPF pede saída de Salles por 'desestruturação dolosa' do meio ambiente
© Reuters

O Ministério Público Federal apresentou ação de improbidade administrativa contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, por 'desestruturação dolosa' e 'esvaziamento' de políticas ambientais 'para favorecer interesses que não têm qualquer relação com a finalidade da pasta'. A Procuradoria pede à Justiça que conceda liminar para afastar o ministro do cargo.

De acordo com doze procuradores que assinam a ação, Salles teriam atuado em série de atos, omissões e discursos que caracterizariam conduta intencional 'com o objetivo de fragilizar a atuação estatal na proteção do meio ambiente'. A ação foi movida na esteira da declaração do ministro na reunião do dia 22 de abril, tornada pública pelo Supremo Tribunal Federal.

Na ocasião, Salles disse que o governo federal deveria aproveitar a 'oportunidade' da pandemia do novo coronavírus para 'ir passando a boiada' em regulações ambientais. Após a divulgação das imagens, o ministro disse que estava defendendo a flexibilização de normas, dentro da legalidade.

"É possível identificar, nas medidas adotadas, o alinhamento a um conjunto de atos que atendem, sem qualquer justificativa, a uma lógica totalmente contrária ao dever estatal de implementação dos direitos ambientais, o que se faz bastante explícito, por exemplo, na exoneração de servidores logo após uma fiscalização ambiental bem sucedida em um dos pontos críticos do desmatamento na Amazônia Legal", afirma a Procuradoria.

O MPF cita a exoneração de três coordenadores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) um mês depois de ações de fiscalização nas terras indígenas Ituna Itatá, Apyterewa , Trincheira-Bacajá e cachoeira seca, na região de Altamira (PA). Cerca de 100 máquinas e equipamentos utilizados por quadrilhas foram destruídas na ação - número superior ao contabilizado em todo o ano de 2019. A Procuradoria vê que a exoneração teria sido uma 'evidente retaliação' do ministro.

A Procuradoria também alega que, sob a gestão de Salles, o Brasil registrou 'as maiores altas do desmatamento e o menor número de multas por crimes ambientais em 20 anos'. Os procurados dizem que o ministro também reduziu em 25% o orçamento da pasta e paralisou o Fundo Amazônia, que deixou de receber investimentos estrangeiros.

Brasil Verde
O Ministério Público Federal também alega que os gastos do governo com a Operação Brasil Verde, derivada do decreto de Garantia de Lei e Ordem (GLO) durante as queimadas na Amazônia do ano passado, custaram em apenas dois meses R$ 14 milhões a mais do que todo o orçamento anual previsto para ações de comando e controle pelo Ibama no ano de 2014.

Segundo os procuradores, ao enxugar o orçamento da pasta e gastar mais com operações das Forças Armadas na Amazônia, Salles 'não fez economia, e, ao contrário, provocou gastos muito maiores'. "Ressalte-se que tal operação se deu apenas quando a situação das queimadas na região amazônica tomou proporções desmedidas e o fogo ganhou repercussão negativa internacional", aponta.

COM A PALAVRA, O MINISTRO RICARDO SALLES
A reportagem entrou em contato, por e-mail, com o Ministério do Meio Ambiente e aguarda resposta. O espaço está aberto a manifestações

Fonte: Notícias ao Minuto
============
O que o Ministro disse na reunião de 22 de abril de 2020


Fonte: G1 Natureza

3 comentários:

  1. Anônimo8/7/20 14:19

    o que mais dói é que tem gente que aplaude esses loucos.

    ResponderExcluir
  2. FAKE NEWS propagado por esquerdopata, essa é a grande verdade!
    Nos sucessivos governos do PT as queimadas na Amazônia eram muitas vezes piores do que ocorre. Como agora as ONG's não recebem mais dinheiro governamental, vem essa choradeira estranha de gente sem neurônios. Sou defensor dos animais e, com muito orgulho, de direita. Os esquerdóides roubaram muito a nação, fizeram o que bem entenderam e nunca fizeram nada pelo meio ambiente. Portanto, essa crítica do Fala Bicho é injusta e raivosa. Por gentileza, NÃO ME ENVIEM mais nada desse site, ok??????? Obrigado!!! Gilberto Pinheiro/jornalista, palestrante em escolas e universidades, destacando a senciência e direitos dos animais.

    ResponderExcluir

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪