RECEBA NOSSOS BOLETINS

14 março 2020

Proibição da China para o comércio de animais selvagens é um grande passo, mas tem brechas, dizem conservacionistas

Sabe o que está faltando? proibir o consumo de cães e gatos bem como cabra, burros, porcos (aliás não tem quase porcos porque tiveram a febre suína e eles mataram todos daquele jeito que nós sabemos).... A China nos deve a quantidade de vírus oriundos de lá.... Acho que nem "Jesus na causa" vai adiantar.... Agora vem os contrabandistas.....
--------------------
A China anunciou nesta semana uma proibição permanente do comércio e consumo de animais silvestres que os conservacionistas internacionais receberam como um passo importante, mas um com brechas problemáticas para o comércio de animais selvagens para uso medicinal.


Um mercado de animais selvagens em Wuhan pode ter sido o local onde começou o surto de Covid-19, e os pangolins, em particular, foram propostos como um possível hospedeiro do vírus antes que ele pulasse para as pessoas.


A China já havia banido os mercados de vida selvagem. A ação na segunda-feira por um comitê permanente do 13º Congresso Nacional do Povo foi mais longe. A decisão sobre “Proibindo de forma abrangente o comércio ilegal de animais selvagens, eliminando os maus hábitos do consumo de animais selvagens e protegendo a saúde e a segurança das pessoas”, proíbe todo o comércio e consumo de animais selvagens não aquáticos.


Mas, de acordo com uma análise da Wildlife Conservation Society , a decisão não proíbe o comércio de peles, remédios ou pesquisas. "Isso cria uma brecha potencial para os traficantes que podem explorar as isenções não alimentares para vender ou comercializar vida selvagem", afirmou o grupo em comunicado.


Christian Walzer, principal veterinário global da sociedade, disse que a nova proibição "é um grande passo na direção certa". A proibição vai para a "causa raiz" do surto de Covid-19, ele disse que ele e a maioria dos outros cientistas vêem como a colheita humana de animais selvagens.


"Mas há um enorme comércio de animais selvagens que não está relacionado ao consumo", disse ele. No caso dos pangolins, as escalas são usadas pela tonelada na medicina tradicional. O governo chinês controla o comércio, mas ainda há espaço para atividades ilegais.

Fonte: New York Times
-----------
Matérias correlatas

2 comentários:

  1. Se nao parar o consumo de animais subestimando a capacidade da natureza de adaptaçáo e transformaçáo..de tempos em tempos aparecerá um virus em alguum lugar no planeta cada vez mais letal e que um dia, a humanidade não vai resistir.

    ResponderExcluir
  2. Desculpe mas esse assunto prefiro não comentar
    Não gosto de asiático (tenho minhas razões)
    Direito meu!!!

    ResponderExcluir

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪